segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Psicólogos, assistentes sociais, profissionais do direito, graduandos e comunidade baiana em geral,


Em 15 de setembro último o Conselho Federal de Serviço Social - CFESS publicou uma Resolução declarando não reconhecer inquirição das vítimas crianças e adolescentes no processo judicial, sob a Metodologia do Depoimento Sem Dano/DSD, como sendo atribuição ou competência do profissional assistente social. O Conselho Federal de Psicologia deve seguir o mesmo caminho. Os profissionais do direito têm entendido a prática como a melhor alternativa para a inquirição especial no caso de abuso sexual de crianças e adolescentes, inclusive declarando estarem norteados pela Resolução 2005/20 da ONU aos paises membros.
Mas, o que nós, graduandos e profissionais, pensamos sobre isso?
Precisamos discutir mais sobre isso!
Equipe PSIJUR



A Associação Baiana de Psicologia Jurídica – PSIJUR em parceria com a Faculdade Social da Bahia – FSBA promovem PALESTRA INÉDITA EM SALVADOR:

DEPOIMENTO SEM DANO

com Antônio José Daltoé Cézar

Juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude de Porto Alegre, autor do PL nº 7.524/2006 e do livro Depoimento sem dano: uma alternativa para inquirir crianças e adolescentes nos processos judiciais.

Dia 30 de setembro de 2009

19 horas no Teatro ISBA, Ondina

Investimento: R$ 10,00 Associado PSIJUR e R$ 15,00 demais

CERTIFICAÇÃO: 3 horas

CONTATOS PARA INGRESSOS:

Marcela Zaidem – Ruy Barbosa (psi): (71) 8180-2931

Fernanda Correia - FSBA (psi): (71) 9971-0547

Thais Araújo - FSBA (psi): (71) 8896-9802

Inis Leahy - UFBA (psi): (71) 8803-8861

Ely Mariz – UNIFACS (psi): (71) 8836-2900

Luciana Ramiro - UNIFACS (direito): (71) 8132-1211/ 8787-8540

Equipe PSIJUR

Nenhum comentário: