sexta-feira, 28 de novembro de 2008

João Farias Júnior
Nosso blog tem a honra de informar sobre o recente lançamento da 4ª edição do Manual de Criminologia do Prof. Dr. João Farias Júnior, pela Editora Juruá.
O criminólogo João Farias Júnior
João Farias Júnior é pioneiro no ensino de Criminologia, nas Faculdades de Direito de Curitiba e Pontifícia Universidade Católica do Paraná, usando o presente livro, como livro–texto, advogado, inscrito na Seccional da Ordem dos Advogados do Paraná, diretor presidente do Centro de Pesquisas Criminológicas, do qual foi seu fundador, em Curitiba.
Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da então Universidade do Estado da Guanabara; curso superior de Criminologia, pelo Instituto de Criminologia da mesma Universidade; Mestrado e Doutorado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro; escreveu o livro “A Ineficácia da Pena de Prisão e o Sistema Ideal de Recuperação do Delinqüente”; fundou a Escola da Prevenção Criminal (doutrina criminoprevensionista) através do livro “Como Alcançar à Segurança Pública e a Paz Social”, em 1995, tendo com ele participado da 7ª Conferência Internacional de Abolicionismo Penal, em Barcelona. Com tal livro, fundou também “O Comitê Internacional da Escola da Prevenção Criminal, da qual é presidente.
Prestou assessoria à Coordenação do Sistema Penitenciário do Estado do Paraná e Vara de Execução Penal, também no Paraná.
Escreveu o livro em Inglês sob o titulo “Preventionist Criminology Course Aiming at the Public Safety and the Social Peace” (102 pg), com o qual foi Palestrante no Fórum Social Mundial nos anos 2001, 2002, 2003, em Porto Alegre e 2004, em Mumbaí, Índia, divulgando a Criminologia Prevencionista e conhecendo os membros das Sociedades Criminológicas de todo mundo. Participou da 1ª Conferência Internacional de Criminologia, em 2004, promovida pela American Society of Criminology, em Paris e do 14 ° Congresso Internacional de Criminologia, na Filadélfia, promovido pela Sociedade Internacional de Criminologia, na Universidade da Pensilvânia, em Agosto de 2005. No encerramento desse congresso o Ministro da Justiça da Suécia anunciou o lançamento do Prêmio Estocolmo em Criminologia, semelhante ao Premio Nobel, promovido anualmente. Com o trabalho entitulado “Preventionist Criminology Aiming at the Public Safety and the Social Peace”, passou a concorrer ao referido Prêmio, anualmente.

Nenhum comentário: