sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

TV Justiça: Autor fala sobre os aspectos jurídicos do julgamento de Jesus Cristo
No programa "Iluminuras" desta semana um passeio por um sebo de Florianópolis, em Santa Catarina, que mais parece uma biblioteca. Os clientes passam o dia por lá fazendo consultas ao acervo, que guarda coleções especiais. A TV Justiça apresenta versão inédita hoje, às 22h, com reapresentações na sexta-feira, às 19h, sábado, às 21h, domingo, às 19h, e segunda-feira, à meia-noite.
O programa entrevista o advogado e mestre em Ciências da Religião, Rodrigo Palma. Ele fala sobre o julgamento mais famoso da história: o julgamento de Jesus Cristo. Em seu livro, o autor aborda os aspectos histórico-jurídicos que culminaram com a condenação de Cristo à morte na cruz. “Na verdade nós não sabemos quantas pessoas, quantos juízes julgaram Jesus naquela madrugada. Jesus foi julgado numa Páscoa, a cidade de Jerusalém estava apinhada de gente, nós tínhamos peregrinos dos mais diversos recantos do mundo. E o julgamento ocorre nessa madrugada (...). Ele não poderia ter sido condenado naquela situação, nem sequer ter sido julgado”, explica Rodrigo Palma.
E mais: o livro “Curso de Direito Processual Penal”, de Nestor Távora e Rosmar de Alencar, é a dica de leitura do quadro "Estante". A obra vem atualizada de acordo com as recentes reformas do Código de Processo Penal que modificaram o procedimento do júri, o direito probatório e o uso de algemas.
Os estudantes de direito apresentam os autores que servem de base para os estudos deles. E o programa mostra ainda uma seleção com alguns dos principais livros jurídicos que acabaram de chegar às livrarias.

Nenhum comentário: