terça-feira, 27 de maio de 2008

Bullying - seminário em Governador Valadares (MG).

Participantes enviam suas considerações.
Remi Soldado PM - GOE - GV.
Meu nome é Remi, sou soldado da PM, e integrante do GOE(grupamento operacional escolar). Achei muito interessante a discussão sobre o fenômeno bulliyng no ambiente escolar. Creio que todos presentes no debate saíram mais esclarecidos sobre o tema. Percebe-se que muitos casos de bulliyng são tratados como casos de indisciplina, não só pelos profissionais de educação, mas também por psicólogos, assistentes sociais, advogados, policiais e pela família. Sabe-se que muitas vezes queremos ajudar, mas temos que ter entendimento sobre o assunto. Gostaria que esse tema voltasse a ser discutido em outras oportunidades na comunidade escolar (pais,alunos e professores), pois é um trabalho preventivo de grande valia. A família e a escola são ambientes onde a criança e o adolescente passam a maior parte do tempo e por esse motivo precisam ser conhecedores e terem sensibilidade para ajudar o jovem nas soluções dos seus conflitos pessoais e sociais. A família é peça fundamental no processo pedagógico, social e moral, percebe-se que muitas vezes querem que apenas a escola faça esse papel. Precisamos despertar que todos os cidadãos têm que participarem dos problemas que aflingem nossa sociedade.Um fraterno abraço e agradeço a oportunidade.
Felipe Assis F. Oliveira. Advogado criminal.
"O "bullying" não é uma exclusividade contemporânea. As relações humanas são marcadas desde o início por tensões, embates, onde muitas vezes o afã do mais forte em se destacar é pérfido e censurável.Nada obstante, a ciência atual nos permite reconhecer sua incidência, tratar as causas, e minorar as conseqüências, que, por sinal, podem ser trágicas.Assim, acredito que a multidisciplinaridade é imperiosa. Com a conjugação de ramos da ciência, mormente a psicologia, pedagogia, psiquiatria e mesmo o direito, integram-se áreas do conhecimento para diagnóstico, resolução e combate dos problemas derivados do tema, de forma plena. O conhecimento dos fenômenos sociais pertinentes à matéria é a chave para o combate ao "bullying", propiciando vias à busca da harmonia social."

Nenhum comentário: