domingo, 8 de junho de 2008

Supremo autoriza abertura de inquérito contra Paulinho da Força que tramitará em sigilo
O ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de Inquérito (INQ 2725) para investigar o suposto envolvimento do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, no esquema de desvio de recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O pedido foi formulado pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza.
Em despacho realizado no início da noite de hoje, o ministro também decretou sigilo quanto ao trâmite do inquérito. Ayres Britto analisará ainda os pedidos do Ministério Público quanto à realização de diligências.
Texto do STF

Nenhum comentário: