domingo, 31 de agosto de 2008

Grampos ilegais no STF
Os grandes jornais desta data noticiam que o presidente do STF, Dr. Gilmar Mendes, dentre outras autoridades, foi vítima de escutas telefônicas ilícitas. O caso é grave, pois há suspeita que tenham sido agentes públicos os responsáveis.
Em artigo publicado no ano de 2006 no jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte, MG, tive a oportunidade de comentar a fragilidade do tema, envolvendo um crime grave com uma pena irrisória.
Vale a pena conferir:

Nenhum comentário: