sábado, 23 de agosto de 2008

STJ. Cesar Rocha manterá diálogo permanente com OAB e setores do Judiciário
Fortaleza (CE) – O presidente eleito do Superior Tribunal de Justiça (ST), ministro Cesar Asfor Rocha, afirmou que empreenderá esforços para manter diálogo permanente com a advocacia e todos os setores do Poder Judiciário.
A afirmação foi feita durante visita à seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/CE) para a entrega do convite de posse na Presidência, que ocorre no próximo dia 3 de setembro. O ministro Cesar Rocha salientou que, como oriundo da classe, conhece muito bem os anseios e problemas vivenciados pela advocacia em todo o País; afinal, ingressou no STJ pelo quinto constitucional. Cesar Rocha salientou que acompanha atentamente no plano institucional todas as demandas da Ordem e assegura que trabalhará pelo aperfeiçoamento do quinto. “Agora que tenho o novo desafio de estar à frente da Presidência Superior Tribunal de Justiça, não poderia deixar de ter a cumplicidade da OAB nas questões como o aperfeiçoamento da reforma do Judiciário”, afirmou o presidente eleito. Destacou ainda que, embora às vezes haja divergência entre advogados e juízes, há espaço para a elaboração de uma agenda comum. Durante o encontro, o ministro Cesar Rocha mencionou recente pesquisa realizada pelo STJ, na qual os advogados se manifestaram positivamente em relação à imagem do Tribunal, elogiando o Sistema Push de acompanhamento processual.
O ministro ressaltou que os advogados criticaram unicamente a falta de vagas para estacionar. Os advogados cearenses aproveitaram a oportunidade para reivindicar ao presidente eleito maior celeridade, por parte do STJ, na tramitação dos habeas-corpus.
O ministro assegurou estar sensível à reivindicação da classe, mas alertou que os ministros do Tribunal enfrentam um grande desafio com o acúmulo de processos e que o número de julgados neste ano deve ultrapassar a barreira dos 360 mil processos. Cesar Rocha ressalta que essa missão não será fácil, mas acredita que a nova Lei n. 11.672/2008 (dos recursos repetitivos) vai melhorar a situação. Na ocasião, o ministro foi recebido pelos 29 conselheiros da seccional e por três do Conselho Federal.
Em nome de todos os advogados do Ceará, o presidente da seccional, Hélio das Chagas Leitão Neto, ressaltou a grande honra que é para o estado ter um cearense na Presidência do STJ.
Fonte: STJ.

Nenhum comentário: