domingo, 28 de setembro de 2008


Professor Lélio Braga Calhau

RECOMENDA

Este estudo tem por finalidade definir os fundamentos científicos e os objetivos programáticos da CROMINOLOGIA RADICAL, como teoria do crime e do controle social comprometida com o projeto político das classes trabalhadoras nas sociedades capitalistas.
A CRIMINOLOGIA RADICAL, se distingue das criminologias tradicionais pela natureza do objeto de estudo, pelo método dialético de estudo desse objeto, pelas teorias gerais sobre sua existência e desenvolvimento, pela base social de seus compromissos ideológicos e por seus objetivos políticos estratégicos e táticos, expressos em programas alternativos de política criminal.

O crime e o controle social são inseridos no contexto histórico das relações sociais de produção e de reprodução político-jurídica das sociedades capitalistas, indicando as desigualdades econômicas como determinantes primários do comportamento criminoso, a posição de classe como variável decisiva do processo de criminalização, o crime como resposta individual de sujeitos em posição social desvantajosa e o controle do crime (sistemas normativos e aparelhos de repressão) como mecanismo de garantia e reprodução das condições de produção dominantes, fundadas na separação trabalhador/meios de produção.

Nenhum comentário: