sexta-feira, 15 de agosto de 2008


Rondônia perde magistrada de imensas qualidades morais e éticas.

Juíza Sandra Maria Nascimento de Souza atuava no Tribunal do Júri da capital


Faleceu no início da tarde de hoje (13), às 13h50, na cidade de São Paulo, a juíza de direito do Tribunal de Justiça de Rondônia, Dra. Sandra Maria Nascimento de Souza. Na noite da última segunda-feira, 11 de agosto, a equipe médica do Hospital Nossa Senhora de Lourdes confirmou a morte cerebral da magistrada. De acordo com informações a serem confirmadas, o velório e sepultamento acontecerão em Porto Velho.
Sandra Maria Nascimento de Souza era natural de Macapá - AP. Formou-se na Universidade Federal do Pará, em 1987. Foi aprovada em 8º lugar no 5º concurso público para a Magistratura de Rondônia. Tomou posse em 07/03/1990, quando foi nomeada para o cargo de juíza substituta da 6ª seção judiciária com sede na comarca de Guajará Mirim. Exerceu a magistratura nas comarcas de Presidente Médice e Cacoal. Desde o ano de 2000 era juíza titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho, e era conhecida pela competência e autoridade jurídica de suas decisões.
Recebeu elogio oficial do então procurador geral do Ministério Público de Rondônia, José Viana, por sua atuação no caso conhecido como a chacina de Corumbiara pela "forma habilidosa e competente com que conduziu as sessões de julgamento do caso Corumbiara".

Fonte: TJ-RO.

Nenhum comentário: