quarta-feira, 23 de julho de 2008

Ministério Público de Minas Gerais e Polícia Militar combatem o tráfico de drogas em Sabará
Iniciada no último domingo e com desfecho na manhã desta quarta-feira, 23, a Operação Politéia, deflagrada para combater o tráfico de drogas em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), envolveu atuação conjunta do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a Seção de Inteligência da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (PM) de Sabará.
Foram cumpridos 25 mandados de prisão (21 pessoas foram presas, quatro não foram encontradas) e 30 mandados de busca e apreensão. O material apreendido consiste em automóveis, motocicletas, computadores, drogas (cocaína, crack e maconha), armas de fogo e munição, armas brancas e dinheiro em espécie.
De acordo com o promotor de Justiça Raphael Ernane Neves, algumas das pessoas que foram presas ficarão em Sabará. As demais serão encaminhas para Caeté e Belo Horizonte. Ainda de acordo com o promotor de Justiça, a oitiva de duas das 21 pessoas presas será realizada na tarde desta quarta-feira.
Raphael Neves destacou o trabalho realizado pela PM e a colaboração do Centro de Apoio Operacional de Combate ao Crime Organizado (Caocrimo).
Tráfico de drogas, associação para o tráfico e estelionato são alguns dos crimes cometidos pelos envolvidos.
INVESTIGAÇÃO
Segundo constatado pela PM houve um aumento significativo do consumo de drogas na cidade de Sabará – sobretudo nos bairros considerados mais violentos – sendo certa a existência de uma rede organizada que coordenava o fornecimento de entorpecentes, através de telefone e via internet (pelo site relacionamentos Orkut).
Realizada a intervenção estratégica através de cautelares solicitadas junto ao Poder Judiciário, o esquema foi descoberto. Verificou-se ainda a existência de uma complexa organização que envolvia fornecimento e distribuição de drogas em diversos bairros de Sabará, bem como negociações envolvendo veículos.
POLITÉIA
De acordo com o promotor de Justiça Raphael Neves, a operação recebeu o nome de Politéia em razão de o mentor da quadrilha ser conhecido como “Téia”.
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado de Minas Gerais – Núcleo de ImprensaTel.: (31) 3330-8166/8413 23.07.08 (Interior/Sabará – Operação Politéia) AL

Nenhum comentário: